BOTAFOGO DMITE DIVERSOS FUNCIONÁRIOS

Vários profissionais foram desligados, além de atletas que não terão seus contratos renovados
Dando sequência ao processo de reformulação no botafogo, algumas injustiças foram cometidas.

Profissionais que trabalhavam no clube há anos, ainda na época em que o clube estava fora de competições nacionais e que contribuíram para que o clube disputasse a série D, subisse para a C e depois para a B, acabaram sendo responsabilizados pela péssimo trabalho da diretoria de futebol que derrubou o time para a série c 2021.

Os demitidos foram:
Emerson Buck (preparador físico), Kiko Oliveira (preparador de goleiros), Gustavo Jabor (analista de desempenho), Luiz Guilherme (fisiologista), Everton Pimenta (supervisor) e os fisioterapeutas Marcelo Nicoleti, Robson André e Péricles Machado não fazem mais parte da comissão técnica do tricolor.

Alguns atletas que estão em final de contrato com o clube ou que tem seus empréstimos encerrados também foram desligados.
Léo Sulzbach (goleiro), Jordan (zagueiro), Walisson Maia (zagueiro), Raniele (lateral-direito), Guilherme Romão (lateral-esquerdo), Matheus Ferreira (volante), Elicarlos (volante), Bady (meia), Matheus Anjos (meia), Cássio Ortega (atacante), Rafinha (atacante) e Wesley Pionteck (atacante) são os atletas que deixam o pantera.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.