WILLIAN CHINA SE DESPEDE DO COMERCIAL

O jovem atacante pediu dispensa e foi liberado pelo Comercial que já tem outra aposta para maturação na posição.

Willian China foi trazido como uma aposta no futuro e iria passar pelo processo de maturação no clube que já conta com vários atacantes mais experientes para a retomada da série A3.

A diretoria comercialina intensificou o trabalho de observação, descoberta e maturação de jovens talentos que antes ficava um pouco mais restrita aos jogadores da base do clube. Com o advento da pandemia, o trabalho ganhou novos ares e agora, além dos pratas da casa, jovens estão sendo observados por todo o Brasil.

A saída de China não impactou o clube, era uma aposta, assim como seu sucessor no processo de maturação, o talentoso Lucas que é um ano mais novo que China e que está à disposição de Fahel Júnior.

— Não estamos apenas tocando o futebol do clube, estamos semeando para que os próximos anos sejam de colheita, não só para a atual diretoria, mas para o futuro do Comercial. As observações que nos levaram a trazer o China foram muito boas, porém vislumbrando o futuro, caso ele se saísse bem, portanto não podemos considerar uma perda para a série A3. Temos atletas prontos para jogar e passar pelo processo de maturação no elenco. O Lucas para o ataque é um deles e eu ainda posso citar pelo menos mais dois, o Guilherme e o Kauan. Estamos plantando, o legado ficará para o clube, independente de quem o esteja dirigindo. — falou José Lourenço, diretor de futebol do Comercial FC.

Segundo apurou esta reportagem, o pedido de dispensa aconteceu por dificuldades de adaptação do jovem atleta que estava no Vilhenense e veio para São paulo pela primeira vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *