VEREADOR FAZ “AUTO-PEGADINHA”

A pandemia tem afetado a população de todas as formas possíveis, e impossíveis também. O vereador por Ribeirão Preto Rodrigo Simões parece ter sido vítima do ócio e resolveu usar seu tempo para pensar em uma propositura sem nexo e ineficaz, digna de uma “pegadinha” ao melhor estilo Ivo holanda, contra ele mesmo.

O projeto de lei que será votado pela câmara de vereadores nesta quinta-feira (07) em reunião virtual, propõe que não haja nenhum evento esportivo nos estádios Santa Cruz, Palma Travassos e no ginásio da Cava do Bosque enquanto durar o estado de calamidade pública em virtude da pandemia do Corona Vírus.

Ocorre que a proibição de qualquer evento que provoque aglomerações já está implícita nos decretos do governador do estado de São Paulo e do prefeito da cidade. Mal comparando é o mesmo que fazer um projeto de lei proibindo os ladrões de roubarem! Além de ser inconstitucional, pois não é prerrogativa municipal, é, no popular, “chover no molhado”

Outro fator importante é a desinformação. Para conhecimento do nobre Edil, a prefeitura não tem qualquer ingerência no futebol para decidir quando, ou se vai haver futebol nos estádios, bem como os protocolos e diretrizes a serem seguidas. Já se perguntou porquê a prefeitura sequer organiza competições amadoras na cidade? Já percebeu que até para os jogos regionais há uma certa repulsa por parte dos governantes municipais? claro que não!

O projeto de lei proposto, (que será publicado na íntegra ao final desta matéria), demonstra total desconhecimento sobre legislação, jurisdição e convenções esportivas. Caso a propositura passe pela “Casa do Povo”, o que por si só já seria “ato conivente” dos outros vereadores, certamente não passará pelo chefe do executivo.

Resta agora entender o que pretendeu o nobre vereador, mostrar serviço em época de poucas pautas? Aparecer de alguma forma em ano eleitoral para tentar capitalizar votos através de empatia? Neste último caso o “tiro pode sair pela culatra”, afinal, só pela propositura já conquistou a antipatia de uma legião de torcedores do futebol, sem contar que a sociedade está carente de tantas coisas que poderiam estar sendo feitas neste momento de crise e dificuldade financeira extrema de boa parte da população que neste momento deve estar pensando, — mas será possível que o mundo acabando e ele pensando nisso? —

Nobre vereador Rodrigo Simões, se me permite uma sugestão, aproveite melhor o tempo livre, pois imagino que esteja respeitando o isolamento social e esteja em home office, otimize seu tempo e o de seus colegas de câmera, além dos insumos e recursos. Faça ligações telefônicas ou por internet para os líderes comunitários de sua base eleitoral e pergunte a eles se estão precisando de alguma coisa. Provavelmente vai se surpreender com a quantidade de ideias eficientes que eles vão lhe dar. Assim o senhor conseguirá atingir dois objetivos, cumprir com sua tarefa como vereador e aparecer para seus eleitores, que vão se lembrar disso na hora do voto.

Confira o projeto de lei na íntegra

Foto: Divulgação/Câmara Municipal de Ribeirão Preto

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.

%d blogueiros gostam disto: