O PIOR BOTAFOGO DA ÚLTIMA DÉCADA

O Botafogo perdeu para o Mirassol de goleada em pleno estádio Santa Cruz. A partida terminou com uma goleada histórica de 6×0 que envergonhou e revoltou o torcedor botafoguense.

O tricolor não estava bem na competição, havia perdido para o Corinthians e empatado com o Ituano, mesmo assim os dois resultados, até então, não era o que preocupava o torcedor, mas o baixo rendimento do time em campo.

Um time desorganizado, abusando de passes errados e erros de posicionamento, com as linhas distantes, sem criação e abusando de bolas longas faziam com que a perspectiva do torcedor não fosse positiva, mas daí a sofrer uma goleada de 6×0 em casa havia uma distância considerável.

O orçamento para o Paulistão 2020 sofreu uma baixa relevante, cerca de 400 mil/mês para elenco e comissão técnica fez com que o clube perdesse inúmeros atletas para os concorrentes. Enquanto o Botafogo oferecia salários de 10, 12 mil reais, alguns poucos de 18, 20 mil/mês, os concorrentes ofereciam o dobro, no mínimo.

A esperança era de que o time com nomes não tão conhecidos desse a famosa “liga”. Mais que isso a confiança no trabalho de Wagner Lopes alentava o torcedor, porém, nenhuma coisa nem outra aconteceu.

A coisa poderia ser menos traumática se a comunicação do clube com sua torcida fosse melhor, mas ao invés de trazer a torcida para o lado do clube com a verdade sobre falta de recursos e montagem de um time humilde que iria lutar pela permanência na elite do futebol paulista, os mandatários do futebol p´referiram adotar o discurso de que estava tudo bem e que montariam um time competitivo. A torcida apaixonada do Botafogo certamente teria se mobilizado para fazer oque fizeram ano passado no jogo contra o próprio Mirassol, quando fretou dezenas de ônibus e fez uma das maiores caravanas da história do clube para apoiar e jogar junto com o time.

O diretor de futebol do Botafogo Futebol S/A Gustavo Vieira de Oliveira teve uma boa oportunidade para se comunicar com a nação botafoguense no jogo contra o Ituano, em Itu,mas abriu mão dessa possibilidade e preferiu se esconder atrás de Léo Franco e Osvaldo Festucci, se recusando a dar explicações, não à imprensa, mas ao torcedor. Vale lembrar que Festucci colabora, Léo Franco cumpre ordens, mas o “grande chefe” do futebol é Gustavo Vieira de Oliveira. Confira no áudio abaixo o momento em que a reportagem da Rede Fé FM tentou ouvi-lo.

Após a derrota humilhante, o técnico Wagner Lopes concedeu entrevista coletiva e tentou explicar o que aconteceu. A palavra “desculpas” foi utilizada inúmeras vezes. Visivelmente constrangido, lopes reafirmou a confiança de que o time vai reagir para sair da lanterna da competição e fugir do rebaixamento.

O momento é delicado e já que a diretoria se recusa a fazer o seu papel neste momento, fazemos nós da imprensa. O torcedor tem todo o direito de reclamar, cobrar e estar chateado, mas é preciso estar junto com o time, é preciso apoiar durante o jogo, é preciso mostrar que dinheiro e status pessoal não são suficientes para mover um clube centenário. A paixão, o amor e a força de uma nação sim, faz toda a diferença e pode ajudar a tirar o time desta situação. reclame, debata, critique, cobre, mas durante os noventa e poucos minutos do próximo jogo cante, grite, apoie, jogue junto e repita no próximo e no outro e no outro, até o fim.

O Presidente do Botafogo Futebol Clube Osvaldo Festucci também esteve na sala de imprensa para dar satisfação a nação botafoguense. O dirigente começou lamentando a noite terrível do time em campo e pedindo desculpas pela vergonha da derrota. Depois o dirigente abriu o jogo e falou sobre o orçamento baixo que impossibilitou a montagem de um time mais encorpado, sempre empenhando a esperança, mais do que confiança, de que o time vai lutar para não cair, mas acreditando que ainda dá tempo.

Festucci revelou de 15 dias pra cá o investidor liberou um pouco mais de recursos para buscar reforços, mas agora a dificuldade é de mercado, não há jogadores de boa qualidade desempregados e os que vão chegar precisarão de um pouco de tempo para entrar em forma para jogar.

Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo

One thought on “O PIOR BOTAFOGO DA ÚLTIMA DÉCADA

  1. EMeu nome e Marcos. ..bom dia.Eu acredeti..que como esta difícil o bota fogo superar está crise.só uma maneira de sobreviver no Paulista o. Este jogadores precisa primeiro aprender a se defender..de nada adianta atacar…e levar de 4…ou 5..gol de cara.meus amigos.vamos fazer primeiro uma retranca bem poderosa. ..depois.um golzinho resolve .ok.pense nisto.passe pra frente está minha opinião. Bom dia….acorda .botafogo….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *