REVIRAVOLTA POLÍTICA NO BOTAFOGO

Em quatro dias saberemos como será traçado o futuro próximo do Botafogo. Dois nomes serão indicados na reunião do Conselho Deliberativo e se aprovados em votação a S/A poderá ter dois “pesos-pesados” no Conselho de Administração.

A Assembleia marcada para 28/10 votará os nomes apresentados para substituir os dois atuais membros que renunciaram, Rogério Barizza e Dr. Miguel Mauad Neto e também será o dia em que as contas da gestão Gerson Engracia Garcia serão apreciadas para aprovação ou não.

O advogado Alexandre Bortolato, um dos principais nomes do jurídico do clube nos últimos anos, tendo participado ativamente na elaboração do Ato Trabalhista que desafogou o clube das dívidas e um dos advogados que auxiliou na elaboração do contrato ajudou elaborar a formação da S/A, mas que é contrário a muitas ações que foram tomadas, foi unanimidade na reunião que definiu os dois nomes que serão apresentados.

O outro nome é do ex-presidente Virgílio Pires Martins, um dos principais articuladores das duas campanhas vencedoras na eleição de Gerson Engracia Garcia para presidente do clube em 2015 e 2017, mas que rompeu com o mandatário por divergências administrativas e financeiras. Virgílio esteve afastado da política e das coisas do clube nos últimos dois anos, porém se mostrou inclinado a retornar.

Alexandre Bortolato já aceitou a missão. Virgílio Pires Martins vai dar sua resposta até amanhã (sexta-feira (25). Fontes ligadas ao ex-presidente garantem que ele irá aceitar.

O movimento que pode reconduzir Pires Martins a politica do clube começou há três meses, quando o empresário foi convencido a voltar frequentar as reuniões do Conselho Deliberativo.

No último domingo, cerca de 35 participantes da mesa da Velha Guarda se mobilizaram para uma nova etapa de convencimento, o que provocou uma reunião que ocorreu na noite desta quarta-feira (23) em um escritório na Av. Francisco Junqueira.

Aproximadamente 70 pessoas participaram, todos conselheiros do clube que ratificaram o desejo de que Virgílio Pires Martins voltasse a ajudar o Botafogo, aceitando ser um dos nomes indicados pelo Futebol Clube para representa-lo no Conselho de Administração da S/A.

Pires Martins deixou a reunião sem dar sua posição definitiva, porém deixou claro aos presentes que deverá aceitar.

Procurado por esta reportagem, Virgílio pediu gentilmente para comentar o caso depois que tomar sua decisão, o que deve acontecer ainda nesta quinta, mais tardar amanhã, sexta-feira (25).

O grupo que apoia Pires Martins ainda estuda algumas possibilidades de judicializar contra Gerson Engracia por gestão temerária e também anular o contrato de direito do uso de solo, que proporcionou a construção e exploração da Arena Eurobike.

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.

%d blogueiros gostam disto: