O TORCEDOR PEDE SOCORRO!

Ministério Público de Ribeirão Preto, Secretaria de Saúde Pública, Prefeitura, ou quem mais puder ouvir o grito do torcedor de futebol em nossa cidade, por favor, parem, prestem atenção, socorram os cidadãos que amam seus times do coração e só querem poder assistir aos jogos sem correr risco de morte!

Na manhã deste domingo (13), durante o jogo entre Comercial x XV de Piracicaba, no estádio Palma Travassos, duas graves ocorrências chamaram atenção novamente. Sim novamente, pois o fato é recorrente nos jogos pela manhã em Ribeirão Preto. Duas pessoas passaram tão mal que perderam a consciência e tiveram que ser resgatadas pela ambulância do jogo e pela Polícia Militar.

Tal fato também acontece no estádio Santa Cruz quando a CBF, por determinação dos detentores dos direitos de transmissão marcam os jogos às 11h, fato relembrado pelo técnico Hemerson Maria há poucas semanas.

Voltando ao jogo em Palma Travassos, duas pessoas desmaiaram, porém centenas passaram mal com o forte calor e voltaram para suas casas com dores de cabeça, fadiga, falta de ar e outros sintomas, o problema é que estas pessoas não entram para a estatística, pois vão se cuidar em casa e não registram o acontecimento.

Estamos falando apenas dos torcedores, sequer vamos mencionar os atletas que em nome do alto rendimento têm que forçar o corpo a suportar toda a carga de uma partida de futebol nas mesmas condições climáticas.

Os clubes, invariavelmente, ficam reféns das circunstâncias, seja por exigência dos detentores de direitos de transmissão, por força de calendário, a mando das entidades que administram o nosso futebol, enfim… não é possível exigir que os clubes tentem mudar os jogos matutinos, mas é possível recorrer ao poder público municipal, a promotoria de nossa cidade e até aos nossos legisladores.

O torcedor precisa se manifestar e buscar solução junto aos órgãos competentes. Os vereadores podem buscar a possibilidade de criar uma lei municipal que proíba a prática de esportes de alto rendimento nos horários críticos de calor. Os promotores públicos podem buscar na legislação algum dispositivo que proteja a sociedade nesse sentido. O prefeito poderia aparecer em um desses jogos e ficar ao lado dos torcedores nas arquibancadas para entender melhor a gravidade dos fatos, convide-o.

Não entendo de legislação, muito menos sei com certeza quem poderia socorrer o cidadão neste caso, mas sei que a partir do momento que o “povo gritar” alguém vai ouvir, até porque ano que vem tem eleições.

O torcedor Ribeirão-pretano tem que se manifestar com urgência. Independente do clube do coração, esta é uma luta de todos, pois a conquista será igualmente usufruída.

One thought on “O TORCEDOR PEDE SOCORRO!

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.

%d blogueiros gostam disto: