Os presidenciáveis nas eleições do Botafogo FC

Os presidenciáveis nas eleições do Botafogo FC, surgiram os primeiros nomes.

O Botafogo FC terá eleições para eleger a nova diretoria executiva na próxima segunda-feira (15). O comunicado da atual diretoria capitaneada por Gerson Engracia Garcia de que não vão exercer a prerrogativa de estender o mandato até novembro de 2019, como determina o novo estatuto do clube que alterou o mês das eleições de abril para novembro a partir desse ano, fez com que o pleito fosse marcado as pressas para o início da próxima semana.

A movimentação política está frenética nos bastidores do clube e os primeiros nomes de possíveis presidenciáveis começam a surgir.

A ideia era de que o ex-presidente Luiz Pereira que atua junto a diretoria de futebol atualmente, assumisse a condição de postulante ao cargo e que não houvesse eleições, mas sim aclamação, porém Luiz Pereira não confirma esta posição, o que obriga o pleito para escolher uma nova diretoria executiva.

O atual presidente do conselho deliberativo Alfredo Cristóvão que é alinhado com uma ala divergente da situação ganha força por parte de seus apoiadores. Caso Alfredo inscreva uma chapa, a situação deverá lançar outra, mas terá que escolher apenas um nome. Ocorre que o novo estatuto restringiu as disputas eleitorais a apenas dois candidatos.

Os jovens, Dmitri Abreu, advogado com uma folha de serviços extensa e relevante ao clube surge como um dos presidenciáveis, o mesmo ocorre com Fernando Henrique Gelfuso, docente que igualmente a Dmitri tem anos de dedicação ao departamento de futebol profissional do clube.

Os próximos dias serão decisivos nessa questão. Se Luiz Pereira decidir aceitar o desafio, provavelmente não haverá inscrições de chapas, porém se o empresário ribeirão-pretano se manter firme na posição de não aceitar o cargo, certamente teremos disputa acirrada entre oposição e situação que tem como prazo limite para inscrições das chapas até às 19h desta sexta-feira (12).

Valer salientar que estas eleições não envolvem o Botafogo S/A, apenas e tão somente o Botafogo FC.

Confira o edital de convocação para as eleições

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

REUNIÃO ORDINÁRIA DE ELEIÇÃO E POSSE DA NOVA DIRETORIA EXECUTIVA BIÊNIO 2019/2021

O Presidente do Egrégio Conselho Deliberativo do BOTAFOGO FUTEBOL CLUBE, no uso de suas atribuições estatutárias, CONVOCA a todos os Senhores Conselheiros quites com a tesouraria do Conselhoe com direito a voto, para Reunião Ordinária de Eleição e Posse da Diretoria Executiva do Botafogo Futebol Clube, biênio 2019/2021, a ser realizada na sala do Conselho, sito no Estádio Santa Cruz, Avenida Costabile Romano s/n, no dia 15 de abril de 2019Segunda-feira, em primeira convocação com a maioria de seus membros, as 19h00, ou em segunda convocação, com qualquer número dos conselheiros, as 19h30.

O Conselheiro inadimplente deverá regularizar sua situação quanto ao adimplemento das contribuições, até a data limite de 10 de Abril de 2019, junto a Empresa TMK (lucas@tmkcomunicacoes.com.br) ou na Rua Visconde de Inhaúma 490 – sala 908 – Cento, Ribeirão Preto/SP, Fone (16) 3514-3560.

A Empresa TMK emitirá uma planilha no dia 12 DE ABRIL DE 2019 com a listagem dos Conselheiros adimplentes e aptos a votar, que será protocolada junto a Secretária do E. Conselho Deliberativo sendo disponibilizada para a(s) Chapa(s) interessada(s) em disputar o pleito eleitoral.

As inscrições das chapas concorrentes deverão ser efetuadas em papel datilografado ou digitalizado até 72 (setenta e duas horas) antes da data do ato eleitoral, ou seja, até o dia 12 de abril de 2019, as 19h00, através de protocolo na Secretária do E. Conselho Deliberativo, Avenida Costábile Romano s/n, Estádio Santa Cruz.

A reunião constará da seguinte Ordem do Dia:

1-Composição da mesa, sendo o Presidente do Conselho, secretário do Conselho, dois escrutinadores e dois fiscais escolhidos pelo Presidente entre os conselheiros Presentes e abertura dos trabalhos;
2-Conferência dos Conselheiros eleitores que assinaram o livro de presença (aptos a votar);
3-Leitura, discussão e votação da ata da última reunião;
4-Apresentação e leitura das chapas inscritas;
5-Leitura e votação do parecer da Comissão de Ética sobre os componentes da(s) chapa(s) inscrita(s);
6-Ato eleitoral;
7-Apuração;
8-Posse;
9-Escrituração da Ata, que deverá ser assinada pelos componentes da mesa;
10-Leitura e aprovação da Ata citada no item acima;
11-Palavra franqueada por 10(dez) minutos apenas ao Presidente Eleito e empossado.

Ribeirão Preto/SP, 04 de abril de 2019.
ALFREDO CRISTOVAO DO CARMO GUILHERME
PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.

%d blogueiros gostam disto: