Mirita agradece ao Comercial, mas não seguirá no futebol

Mirita agradece ao Comercial, mas não seguirá no futebol. Zagueiro de 33 anos decide encerrar a carreira. O zagueiro Mirita que recentemente ajudou o Goiania EC a conquistar o acesso para a primeira divisão do futebol de Goiás

Mirita agradece ao Comercial, mas não seguirá no futebol. Zagueiro de 33 anos decide encerrar a carreira.

O zagueiro Mirita que recentemente ajudou o Goiania EC a conquistar o acesso para a primeira divisão do futebol de Goiás, já havia tomado a decisão de encerrar a carreira, mesmo estando em excelentes condições físicas e técnicas, quando o Comercial FC o procurou e tentou dissuadi-lo da ideia de parar, fazendo uma proposta para a temporada 2019.

Decidido

Mirita esteve reunido por várias horas com a diretoria comercialina, ontem, terça-feira (06). O zagueiro voltou para casa onde iria refletir e dividir a questão com sua família, com o compromisso de responder ao clube na noite desta quarta-feira (07).

Responsável e integro em sua ações, Mirita agradeceu imensamente a oportunidade, confessa que ficou tentado a rever sua decisão de encerrar a carreira, mas após conversar com a família e reiterar o projeto futuro em um novo segmento de trabalho, o atleta decidiu seguir firme em seu propósito de parar.

Histórico recente

Mirita esteve nos últimos anos defendendo o futebol goiano. Colecionou títulos e acessos pelo Aparecidense e em 2018, emprestado para o Goiania EC repetiu o sucesso com a conquista do acesso à 1ª divisão goiana por antecipação.

Com o fim do empréstimo, Mirita deveria retornar ao Aparecidense, mas um novo projeto de vida pessoal, que inclui um novo trabalho, já vinha sendo amadurecido desde o inicio de 2017. Centrado e sempre muito equilibrado em suas ações pautadas pela retidão, honestidade e dentro da filosofia que sua religião prega, o atleta que é Cristão e excelente pai de família, não poderia simplesmente tomar a decisão de uma hora para outra. esperou o momento certo e passados quase dois anos de amadurecimento da ideia, decidiu encerrar a carreira.

O Comercial segue em busca de atletas com perfil de Mirita, mais experientes e “cascudos” para encarar o desafio de buscar o acesso para a série A2 de 2020.

Foto: Cuiabá EC/Divulgação

Prestigie nossos parceiros

Seja o primeiro a comentar

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.