LC Eventos notificou Botafogo extrajudicialmente

LC Eventos notificou Botafogo extrajudicialmente, o clube contra notificou e aguarda marcha dos acontecimentos A LC Eventos, responsável pelas festividades no ano do centenário

LC Eventos notificou Botafogo extrajudicialmente, o clube contra- notificou e aguarda marcha dos acontecimentos

A LC Eventos, responsável pelas festividades no ano do centenário, decidiu notificar o Botafogo extrajudicialmente reclamando perdas e danos materiais, solicitando uma espécie de indenização. O Botafogo contra-notificou informando sobre os compromissos firmados e não realizados. O que causa estranheza é a palavra “extrajudicial”, mas descobrimos o motivo.

Na sexta-feira (07) fui prestigiar a apresentação do novo empreendimento da família Coelho da Rocha. Meu querido amigo Rodrigo Rocha, ao lado de sua família, reinaugurou um restaurante na Av. Presidente Vargas, 1129 e lá encontrei algumas pessoas influentes no Botafogo FC que esclareceram o assunto. Sobre o restaurante falo mais adiante.

Eu tinha a informação, naquele momento ainda não checada, de que a LC Eventos havia executado judicialmente o contrato com o Botafogo  sob a alegação de quebra de contrato. Aproveitei o encontro casual e iniciei o assunto.

Perguntei se a informação era verídica e me foi explicado que não. Executar um contrato significa ir à justiça e reclamar o cumprimento do acordo ou a indenização pela quebra dele, portanto a informação não era totalmente verdadeira, pelo simples motivo de não haver contrato formal entre as partes. Isso mesmo, o acordo para se encarregar das festividades do centenário foi feito “de boca”, na base da confiança.

Pois bem, o que aconteceu a seguir é público, a LC não realizou o que havia prometido e o Botafogo ficou aguardando o que viria a acontecer até onde os limites de tempo e bom senso permitiam, até que o clube tomou as rédias da situação e assumiu o controle das ações.

Dos eventos mensais anunciados pela LC, assim como as ações populares nos bairros da cidade e o show de grande porte, apenas a polêmica feijoada de apresentação do evento, com a presença do prefeito, secretário de esportes, vereadores, exceto Marcos Papa que não é querido pela LC, a família do Dr. Sócrates, com Raí e seus irmãos, toda a diretoria do Botafogo, exceto o vice-presidente que não recebeu convite, além de outras duas ações, a comemoração dos 99 anos na Vila Tibério, com a inauguração do relógio para a contagem regressiva do centenário e o jogo das estrelas que prometeu Neymar e trouxe Amaral.

Passados quase um ano, eis que a LC resolve reclamar supostos prejuízos e até uso indevido de marca, se referindo a logo criada para o centenário, apresentada junto com uma estátua de Sócrates que aliás foi feita para a família naquele momento, mas que sumiu e apareceu recentemente em um bar recém inaugurado na cidade. A logo na verdade foi criada por Rafael Magno Telles e por Henrique Dias e não pela LC como reclama a empresa de eventos.

O Botafogo não acredita que a coisa chegue a esfera judicial, afinal não há qualquer formalização, assim como não houve a entrega do combinado. De qualquer forma o departamento jurídico está preparado para defender o caso.

A cessão dos direitos para a exploração dos bares do estádio Santa Cruz permanecem sob o poder da LC Eventos. Este sim tem contrato formal que vence no final de 2018 e será respeitado integralmente. Aliás este contrato pode ter sido o causador do desgaste entre a LC e o Botafogo.

Os acontecimentos lamentáveis do jogo contra o Palmeiras pelo campeonato paulista, quando faltaram, água, refrigerantes e todos os líquidos que pudessem hidratar e refrescar a torcida, pessoas passaram mal atingidas pelo forte calor e os valores praticados foram maiores do que o habitual.

Todo o caos vivido naquele dia, na visão da LC foram de responsabilidade do Botafogo que não permitiu a entrada de caminhões com reposição de bebidas. O Botafogo se defendeu junto a promotoria pública afirmando que o impedimento foi determinado pela Polícia Militar que não permitiu a entrada de caminhões no estádio na hora do jogo. Isto é fato, todos os portões de acesso ao estádio em dia de jogos é controlado exclusivamente pela Polícia Militar.

O fato é que o desgaste entre as partes é enorme e há apenas duas possibilidades, ou se resolvem com diálogo, ou com interferência da justiça.

O clube aguarda o término desse contrato para definir se renova, ou se concretiza uma nova parceria, possivelmente com a cervejaria Walfanger de Bonfim Paulista que negocia com o Botafogo S/A a viabilização, ou não de um acordo para fornecer produtos e gerir a comercialização dentro das dependências do estádio Santa Cruz, em jogos e em eventos que serão realizados após a transformação em espaço multiuso, inclusive com a aquisição de um dos boxes do novo estádio para a montagem de um bar exclusivo da cervejaria.

Quanto ao restaurante, se chama Prato Cheio, fica na Av. Presidente Vargas, 1129 e serve a comida como deve ser, simples e saborosa. Os preços são populares, mas a qualidade é tão boa quanto a localização. Vale a pena conferir.

O departamento de marketing e a diretoria do Botafogo assumiram as festividades e divulgaram o calendário oficial

29/09 – Partida entre jogadores históricos do Botafogo – 10h – Estádio Santa Cruz
04/10 – Lançamento Cerveja Botafogo – 20h – Cervejaria Walfanger
04/10 – Lançamento Moedas Comemorativas – 20h – Cervejaria Walfanger
11/10 – Virada Centenária – 19h – Estádio Santa Cruz
12/10 – Missa – 10h – Estádio Santa Cruz
12/10 – Baile de Gala – 20h – Quinta Linda

Prestigie nossos parceiros

  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região

Seja o primeiro a comentar

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.