Botafogo goleia e praticamente garante vaga

Botafogo goleia e praticamente garante vaga para as quartas de final da série C O Botafogo bateu o Tupi por 4x2 na tarde deste sábado (14) em Ribeirão Preto.

Botafogo goleia e praticamente garante vaga para as quartas de final da série C

O Botafogo bateu o Tupi por 4×2 na tarde deste sábado (14) em Ribeirão Preto. O resultado, combinado com o final da rodada deixou o pantera com 11 pontos de vantagem sobre o 5º colocado, faltando 12 pontos ainda em disputa. Só uma tragédia tiraria o time ribeirão-pretano do mata-mata que vai definir o acesso para a série B do brasileiro em 2019.

O jogo

O Botafogo tomou a iniciativa do jogo, buscou a abertura do placar desde os primeiros minutos, porém encontrou um Tupi determinado a não perder, com linhas defensivas bem delineadas, uma de 4 e outra de 5 atletas que fechavam todos os espaços possíveis.

Veja os gols no final desta matéria

Com jogo truncado, forte na marcação e sem espaço para criar jogadas, o primeiro gol do jogo só poderia acontecer  a partir do desequilíbrio de uma jogada individual de um dos talentos técnicos do time. A partir de então apareceu o nome do jogo.

Pimentinha, aos 42 minutos, fez linda jogada individual, cruzou a bola na medida para Felipe Augusto que no meio da área cabeceou para abrir o placar e fazer seu nono gol na competição. Final do primeiro tempo Botafogo 1×0 Tupi

O apagão

O Tupi sabia que se perdesse o jogo poderia entrar na zona de rebaixamento, obviamente viria pra cima do Botafogo para tentar o empate e depois se reorganizaria para se defender e jogar nos contra ataques. Certamente Léo Condé contava com esta possibilidade de estratégia adversária e orientou seu time no vestiário.

O Tupi se atirou para o ataque no início do segundo tempo e o Botafogo não teve tempo de reagir. Logo no primeiro minuto João William cruzou na cabeça de Sidimar que empatou o jogo

As investidas não cessaram, o time botafoguense sentiu o gol e não conseguia sair para o ataque e poucos minutos depois, mais precisamente aos 6 do segundo tempo, Magalhães aproveitou um corte mal feito da zaga panterina, bateu de esquerda e venceu o goleiro Tiago Cardoso,  virando a partida em 2 a 1.

Vindo de duas derrotas consecutivas, agora era a vez de o Botafogo não poder perder, sob o risco de entrar em crise com a pressão de três derrotas consecutivas. O time partiu para o ataque e o nome do jogo entrou definitivamente em ação.

Aos 14 minutos, Pimentinha mais uma vez partiu em velocidade, só que dessa vez foi derrubado dentro da área. Caio Dantas foi seguro para a cobrança de pênalti e fez o 2 a 2.

A partir daí o Pantera foi pura ofensividade e conseguiu a virada aos 20. Marcos Martins cobrou escanteio na cabeça de Caio Dantas, que fez seu segundo no jogo e o terceiro do Botafogo. Aos 30 Caio Dantas roubou a bola no ataque e encontrou Pimentinha, que cortou para dentro da área e bateu colocado no canto direito do goleiro do Tupi (MG); fazendo o 4 a 2 e dando números finais a partida.

Com a vitória o Botafogo chegou aos 27 pontos e segue na terceira colocação, 11 pontos a frente do Volta Redonda que é o 5º colocado com 16 pontos ganhos.

O próximo desafio é contra o Joinville, em Santa Catarina, domingo às 15h30.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro Série C
14ª rodada
Data: 14/07/2018
Horário: 16h00
Local: Santa Cruz – Ribeirão Preto (SP)

Público pagante: 2.852 Público total: 3.134 Renda: R$ 43.390,00

Árbitro: Edmar Campos Encarnação – AM
Assistentes: Marcos Santos Vieira – AM e Uesclei Regison Pereira dos Santos – AM

Cartões Amarelos: Botafogo-SP: Plínio Tupi-MG: João Willian, Matheus , Léo Costa, Kalu, Marcel

Gols: Botafogo-SP: Felipe Augusto 43′ 1T, Caio Dantas 17′ 2T, Caio Dantas 20′ 2T, Pimentinha 31′ 2T
Tupi-MG: Sidimar 1′ 2T, Magalhães 6′ 2T

Botafogo-SP

Tiago Cardoso;
Marcos Martins (Leandro Salino), Carlos Henrique, Plínio e Peri; Matheus Jussa (Lucas Mendes), Felipe Augusto, Tchô (Marquinhos) e Yuri; Caio Dantas e Pimentinha
Técnico: Léo Condé

Tupi-MG

Vilar; Rodrigo Dias, Sidimar, Mateus e Kalu (Wellington Batista); Léo Costa, Léo Salino e João William (Fábio);
Marcel (Rodrigo Dantas), Magalhães e Potita
Técnico: Eugênio Souza

Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo

Imagens: TV Botafogo

Prestigie nossos parceiros

Seja o primeiro a comentar

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.