Wesley, exemplo de vida será titular pela 1ª vez

Wesley, exemplo de vida será titular pela 1ª vez no profissional do Comercial FC O jovem goleiro Wesley ganha oportunidade e entra no lugar de Geilson que sofreu um entorse no joelho

Wesley, exemplo de vida será titular pela 1ª vez no profissional do Comercial FC

O jovem goleiro Wesley ganha oportunidade e entra no lugar de Geilson que sofreu um entorse no joelho da perna direita e deve desfalcar o Leão por cerca de 10 dias.

Wesley

Prata da casa, trabalhador incansável, talentoso e dono de uma história de vida que serve de lição para qualquer ser humano, Wesley esperou muito por esse momento, ganhar uma oportunidade para jogar como titular do clube do coração.

Filho de pais cegos, Wesley teve que driblar as dificuldades desde seu nascimento. Sua mãe, Dona Célia perdeu a visão aos 20 anos de idade vítima de tentativa de assassinato protagonizado por seu primeiro marido que desferiu um disparo de arma de fogo contra seu rosto.

Dona Célia já tinha 4 filhos à época e apesar de sua tragédia não se rendeu e lutou muito para retomar sua vida. Dez anos depois, acolhida por uma entidade assistencial, Associação dos Cegos de Ribeirão Preto, a Acerp, onde encontrou apoio e conheceu Ronaldo que perdeu a visão aos 16 anos de idade. Se apaixonaram e se casaram. Wesley é fruto desse casamento.

A luta

Só para se ter uma ideia, o início da carreira de Wesley dá uma pequena mostra do quanto as dificuldades eram grandes. Wesley queria jogar futebol, mais especificamente no gol. Os pais fizeram uma pesquisa para conhecer os valores de mensalidades das escolinhas de futebol de Ribeirão Preto e descobriram que a cidade vizinha, Sertãozinho, oferecia valores bem menores, porém a uma distância de 20 quilômetros.

Aposentados por invalidez e trabalhando como vendedores de rifas para complementar a renda da família, dona Célia e ”seo” Ronaldo decidiram reorganizar o dia a dia e estabeleceram como seria:

– Eles me levavam todo dia para treinar em Sertãozinho, o problema de visão não influenciava em nada. Eles tinham que acordar cedo, 4h30, meu treino só acabava às 10h, aí eles iam trabalhar e só chegavam em casa a meia noite. Tudo isso para no dia seguinte acordar 4h30 de novo. Eu não sei o que seria de mim sem eles – contou Wesley.

– Todo jogador tem seus momentos de dificuldade, algum problema de não estar treinando bem, de não estar indo para os jogos. Sempre tem. Mas toda vez que acontece alguma coisa assim comigo, passo a lembrar o quanto é mais difícil para os meus pais, de sem enxergarem irem trabalhar, fazerem as tarefas de casa e tudo mais. A dificuldade deles nunca vai passar, e eles estão sempre se superando. Nas minhas dificuldades eu posso melhorar, treinar forte e conseguir. Então eu busco inspiração neles, na facilidade com que eles constroem a superação. É o que me move.

Oportunidade

Prestes a completar 20 anos, o que vai acontecer no dia 30 de julho próximo, Wesley será titular no gol do Comercial FC na partida deste final de semana contra a Itapirense. O jogo é válido pelo campeonato paulista da segunda divisão.

O Comercial é líder de seu grupo, com 25 pontos em 11 jogos, sendo 7 vitórias e 4 empates. O time está invicto, tem a defesa menos vazada, o ataque mais positivo, o artilheiro da competição e o incrível saldo de 22 gols positivos. marcou 26 e sofreu apenas 4, sendo 2 deles no último jogo. a 12ª rodada da competição certamente vai ganhar um brilho especial com a participação do jovem Wesley.

Comercial x Itapirense se enfrentam em Ribeirão Preto, no estádio Francisco Palma Travassos, às 10h.

Confira a entrevista de Wesley para a Rede Fé FM, 94,9 – Ribeirão Preto-SP

Foto: Gabriel Lopes/Comercial FC

Prestigie nossos parceiros

Seja o primeiro a comentar

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.