Virgílio se posiciona e está fora da disputa

Virgílio se posiciona e está fora da disputa por uma das vagas para o Conselho de Administração da S/A

Virgílio se posiciona e está fora da disputa por uma das vagas para o Conselho de Administração da S/A

O ex-presidente do Botafogo FC Virgílio Pires Martins se posicionou com relação a sua candidatura para as eleições da próxima segunda-feira (28). O empresário afirmou que não irá concorrer a uma das vagas.

Membro da Mesa da Velha Guarda, Virgílio goza de profundo respeito e admiração de seu pares, tanto que houve um movimento muito forte para que ele aceitasse o pedido da entidade e se candidatasse para representá-los na nova empresa que vai administrar o futebol do clube.

Lisonjeado pelo apreço e representatividade, Virgílio chegou a se prontificar em pensar sobre o assunto. Tomados por certa empolgação, os integrantes da Mesa da Velha Guarda passaram a disseminar a informação de que Virgílio seria o candidato apoiado por eles.

Passados alguns dias, o empresário se posicionou a respeito:

— Me sinto muito honrado pelo movimento. Fui pego de surpresa no último domingo com o pedido em forma de apelo que me fizeram. Até disse que iria pensar no assunto, mas a verdade é que já me dediquei muito ao Botafogo. Fiz muito pelo clube e não me arrependo, foi tudo muito trabalhoso mas com resultados que elevaram o clube ao patamar que está hoje. Sinceramente, agora é hora de renovação. Há pessoas capacitadas para desenvolver um bom trabalho que levarão o Botafogo a um patamar ainda mais alto e precisam de espaço para poder trabalhar. Outro fator importante é de que não acompanhei de perto as negociações para a abertura da S/A, nem participei da elaboração de seu estatuto. Não teria a menor condição de chegar agora e querer fazer parte da administração. Há ainda fatores pessoais e familiares que me impedem de me dedicar a outra coisa que não sejam minhas empresas, minha saúde e minha família. Portanto, agradeço imensamente a Mesa da Velha Guarda e a todos os que sabem a verdade sobre minha conduta e dedicação ao Botafogo, que apoiaram a ideia de uma possível candidatura, mas não posso aceitar. Desejo todo o sucesso nesta nova fase por qual o clube vai passar, mas vou continuar a distancia torcendo para que tudo o que está sendo proposto agora, se realize e que faça do clube um Botafogo ainda mais forte — explicou Virgílio Pires Martins.

Com o posicionamento de Virgílio, há neste momento apenas três pré-candidaturas oficiais. Os ex-presidentes, Luiz Pereira e Rogério Barizza, além do conselheiro e frequente colaborador do clube, Daniel Pitta Marques. Há ainda a possibilidade de que o também ex-presidente Miguel Mauad seja um dos candidatos, porém em menor proporção, pois o médico cardiologista tem outros importantes afazeres que podem impedi-lo de se dedicar ao novo projeto.

As inscrições se encerram às 19h desta sexta-feira (25) prazo regimentar de 72 horas para as eleições.

Prestigie nossos parceiros

Seja o primeiro a comentar

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.