Pedra Agroindustrial deve processar 10,6 mi/ton de cana

Grupo Pedra Agroindustrial deve processar 10,6 mi/ton de cana na safra 2018/2019 Com três unidades instaladas nos municípios de Serrana (Usina Pedra), Buritizal (Usina Buriti) e Nova Independência (Usina Ipê), o Grupo Pedra Agroindustrial deve processar cerca de 10,6 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2018/19. A projeção é cerca de 8% maior que o volume de cana esmagado na última temporada.

Grupo Pedra Agroindustrial deve processar 10,6 mi/ton de cana na safra 2018/2019

Com três unidades instaladas nos municípios de Serrana (Usina Pedra), Buritizal (Usina Buriti) e Nova Independência (Usina Ipê), o Grupo Pedra Agroindustrial deve processar cerca de 10,6 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2018/19. A projeção é cerca de 8% maior que o volume de cana esmagado na última temporada.

O crescimento da moagem é reflexo de investimentos em novas áreas de plantio e ampliação, principalmente, da Usina Ipê, que deve processar 3,6 milhões de toneladas na atual safra, contra 2,7 milhões de toneladas na safra 2017/18.

Na última semana a Usina Ipê reuniu fornecedores de cana e parceiros em tradicional reunião de início de safra, onde apresentou seus números e as perspectivas de mercado de açúcar e etanol. O diretor agrícola do Grupo, Sérgio Luiz Selegato deu as boas vindas aos presentes e apresentou um pouco dos números da Pedra Agroindustrial, fundada em 1931.

O gerente agrícola da Usina Ipê, Sérgio Luiz Santos fez a apresentação dos números da unidade, com as perspectivas e os resultados da última temporada. Dentre as preocupações da diretoria do grupo está a forte estiagem que assola toda a região Centro-Sul do Brasil.

Fonte: Agência UDOP de Notícias

Prestigie nossos parceiros

Seja o primeiro a comentar

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.