Botafogo tropeça em casa novamente, mas…

Botafogo tropeça em casa novamente, mas... circunstancialmente o empate acabou sendo bom resultado

Botafogo tropeça em casa novamente, mas… circunstancialmente o empate acabou sendo bom resultado

O Botafogo não passou de um 0 x 0 com o Cuiabá na tarde de sábado (28) em Ribeirão Preto. Com um sistema de jogo diferente das duas primeiras rodadas da série C, o tricolor não esteve bem em campo. As coisas pioraram perto do 25º minuto de jogo. O lateral direito Lucas Mendes, um dos jogadores mais ofensivos do Botafogo foi expulso por excesso de rigor do árbitro da partida.

Os primeiros 25 minutos

O técnico Léo Condé decidiu mudar a escalação e a disposição tática do Botafogo para a partida contra o Cuiabá. Tirou os meia-atacantes, Cafú e Felipe Augusto para as entradas do centroavante Jheimy e do volante Yuri. Desta forma o time ficou com 3 volantes e apenas 2 atacante para um jogo em casa e necessidade de vitória para se manter entre os dois primeiros colocados do grupo. O esquema não funcionou. O Botafogo acabou acuado em seu próprio campo com o excesso de jogadores no meio campo e sem força ofensiva.

Piorou

As coisas já não estavam boas para o pantera e pioraram com a expulsão de Lucas Mendes, próximo aos 25 minutos de jogo. Com um homem a menos, a busca pela vitória teve que dar lugar para a necessidade da defesa para não perder o jogo. Forte na marcação e inofensivo no ataque, o jeito foi suportar a angustia do jogo ruim e comemorar a soma de pelo menos 1 ponto.

Risco

Com o ponto somado o Botafogo chegou aos 5 pontos ganhos e pode sair do G4 com o complemento da rodada neste final de semana.

FICHA TÉCNICA

Botafogo 0x0 Cuiabá (MT)
Campeonato Brasileiro Série C
Local: Estádio Santa Cruz
Data: 28/04/2018 – Horário: 17h00 (de Brasília)

Público 2.610 Renda R$ 36.835

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha
Assistente 1: Tiago Gomes da Silva
Assistente 2: Hugo Sávio Xavier Corrêa
Quarto Árbitro: Ronei Cândido Alves

BOTAFOGO

João Lucas; Lucas Mendes, Carlos Henrique, Plínio e Peri; Serginho (Marcelinho), Everton Heleno (Matheus Jussa); Guilherme Garré e Yuri; Caio Dantas e Jheimy (Felipe Augusto . Técnico: Léo Condé.

CUIABÁ

 Victor Souza, Feijão, Ednei, Lucão e Ronaell; Escobar (David Batista), Jean, Marino e Hiltinho (Bruno Alves); Talles Cunha (Giovane) e Jenison . Técnico: Itamar Schulle.

Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo

Prestigie nossos parceiros

Seja o primeiro a comentar

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.