Botafogo estreia com jogo bom e resultado ruim

Botafogo estreia com jogo bom e resultado ruim na série C do Campeonato Brasileiro. O empate em 1 x 1 não era o que o torcedor do Botafogo esperava, mas o adversário que manteve 90% do time do Paulistão foi eficiente no sistema defensivo e aguentou a pressão até o final da partida.

Botafogo estreia com jogo bom e resultado ruim na série C do Campeonato Brasileiro.

O empate em 1 x 1 não era o que o torcedor do Botafogo esperava, mas o adversário que manteve 90% do time do Paulistão foi eficiente no sistema defensivo e aguentou a pressão até o final da partida.

Assista aos principais lances no final desta matéria

Ao melhor estilo Marcelo Veiga, com todo o time atrás da linha da bola no segundo tempo, o Bragantino ainda teve duas chances, uma em contra ataque com Léo Jaime e outra nos acréscimos quando chegou a marcar o gol da vitória, porém invalidado pela arbitragem por impedimento. A posição era mesmo irregular, mas foi um lance muito difícil, definida por poucos centímetros.

O jogo

Logo aos 13 minutos, após cobrança de falta feita pelo ex-botafoguense Vitinho para dentro da área, Matheus Peixoto cabeceou sem chances para Tiago Cardoso e abriu o placar para o time de Bragança Paulista.

A partir daí o que se viu foi um jogo de ataque contra defesa, com o Botafogo pressionado em busca do gol de empate. Algumas chances foram criadas com jogadas pelas pontas, a melhor aconteceu aos 25 minutos; quando a bola foi cruzada para Caio Dantas, o atacante fez o pivô e bateu firme para Alex Alves fazer uma grande defesa.

No segundo tempo a estratégia das duas equipes seguiram iguais, até que aos 17 minutos Peri furou a defesa do Massa Bruta, invadiu a área e foi derrubado por Robertinho. Everton Heleno partiu para a cobrança do pênalti e empatou o jogo. O goleiro Alex Alves chegou a espalmar a bola que bateu na trave esquerda e entrou. Com o 1 a 1 no placar Léo Condé continuou na ofensiva, colocou Jheimy e Caio Vieira e Tchô para dar mais opções ao ataque. O Botafogo criou várias oportunidades de gol, mas pecou nas finalizações em algumas e parou nas ótimas defesas do goleiro adversário em outras. Ainda houve um chute violento de Felipe Augusto que o goleiro desviou e a bola explodiu no travessão.

Já nos acréscimos do segundo tempo, após desvio de cabeça do atacante Gustavo Vintecinco, Robertinho marcou um gol para o Bragantino que não foi validado pela arbitragem. Segundo o assistente Hugo Sávio Xavier Corrêa, Robertinho estava impedido com isso a partida terminou com cada equipe somando 1 ponto. As imagens mostram que realmente houve o impedimento. Parte do tronco de Robertinho, mais precisamente o ombro e o braço direito estava à frente do zagueiro Plínio, último homem de defesa do Botafogo.

O próximo desafio do Botafogo acontece no próximo sábado, dia 21, diante da Luverdense em Lucas do Rio Verde (MT)

FICHA TÉCNICA

Botafogo 1×1 Bragantino
Campeonato Brasileiro Série C
Local: Estádio Santa Cruz – Ribeirão Preto
Data: 14/04/2018 – Horário: 19h00 (de Brasília)
Público: 1.724 Renda R$ 22.110
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha
Assistente 1: Tiago Gomes da Silva
Assistente 2: Hugo Sávio Xavier Corrêa
Quarto Árbitro: Ronei Cândido Alves

Botafogo

Botafogo: Tiago Cardoso; Lucas Mendes, Carlos Henrique, Plínio e Peri; Serginho, Everton Heleno; Guilherme Garré (Tchô) e Felipe Augusto (Caio Vieira); Caio Dantas e Cafú (Jheimy) . Técnico: Léo Condé.

Bragantino

Alex Alves; Robertinho, Lázaro, Guilherme e Fabiano; Adenílson, Jonathan, Léo Jaime (Everton) e Vitinho (Anderson Ligeiro); Matheus Peixoto (Gustavo Vintecinco) e Danilo Bueno. Técnico: Marcelo Veiga.

Principais lances

Foto: Raul Ramos/Agência Botafogo

Vídeo: Esporte Interativo/TV Botafogo

Prestigie nossos parceiros

Seja o primeiro a comentar

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.