Léo Condé explica empate com Linense

Léo Condé explica empate com Linense

Léo Condé explica empate com Linense na noite de segunda-feira (26) no estádio Santa Cruz. O resultado frustrou a torcida que esperava pela vitória para se aproximar da classificação. O Botafogo FC chega aos 12 pontos e agora tem uma sequência de dois jogos no ABC paulista.

Os fatos

Quem não assistiu ao jogo pensa logo em tropeço, pois o jogo foi na casa do pantera e contra o lanterna da competição. Mas o Linense jogou muito! Perfeito taticamente, com encaixe na marcação e coragem suficiente para agredir.

O Botafogo esteve bem no jogo, porém abaixo do que pode produzir. Há quem arrisque dizer que foi a pior apresentação do tricolor na competição. A verdade é que apesar de chegar frequentemente ao ataque, o Botafogo não teve efetividade, tanto que o goleiro Pegorari não foi exigido a fazer nenhuma defesa incrível.

Ao contrário do oponente, Tiago Cardoso teve muito trabalho e foi um dos principais destaques do pantera, com intervenções precisas e salvadoras. Resumindo, o empate ficou bom para o Botafogo FC.

O jogo

A partida começou com o Linense partindo pra cima, já que precisava desesperadamente de um resultado positivo. Danielzinho, assustou o Botafogo logo aos 11 minutos, chutando forte e exigindo que Tiago Cardoso fizesse uma bela defesa.

A pressão deu resultado e aos 19 minutos Reginaldo escapou pela direita e cruzou rasteiro para Wilson abrir o placar para o Elefante. O Botafogo esboçou uma reação nas bolas paradas, a mais perigosa veio em escanteio cobrado por Cafú e que Caio Ruan cabeceou com muito perigo.

Na volta para o segundo tempo Léo Condé fez a primeira alteração na equipe e colocou Jheimy no lugar de Danielzinho. A entrada do atacante teve efeito quase que imediato.

Aos 6 minutos o artilheiro Bruno Moraes levantou na área e encontrou Jheimy, que cabeceou consciente no canto direito do goleiro Pegorari e empatou a partida. A partir daí o jogo ficou aberto e as duas equipes tiveram oportunidades de saírem com os três pontos.

Bruno Moraes inverteu aos 22 minutos e encontrou Dodô livre. O meia fez chutou colocado e a bola passou rente a trave. Logo depois o Linense cobrou escanteio e Adalberto cabeceou firme para Tiago Cardoso fazer um verdadeiro milagre.

No último lance da partida Bruno Moraes mais uma vez cruzou para Jheimy, que completou para o gol mas o árbitro invalidou alegando impedimento.

Com o empate, o Tricolor segue no G2 do Grupo D, agora com 12 pontos; um a mais que o Red Bull e dois a mas que o Mirassol. O próximo desafio é nesse sábado, contra o Santo André no estádio Bruno José Daniel

FICHA TÉCNICA

Botafogo 1×1 Linense
Paulistão 2018 – 9ª Rodada
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP
Data: 26/02/2018 – Horário: 20h00 (de Brasília)
Público: 2285 pagantes – Renda: R$ 32.665,00

Árbitro: Adriano de Assis Miranda
Assistente 1: Alberto Paletto Masseira
Assistente 2: Daniel Luís Marques
Quarto Árbitro: Aurélio Sant’Anna Martins

Cartões Amarelos: Dodô, Naylhor e Taylor (Botafogo): Pegorari, Thiago Humberto, Kadu, Reginaldo, Marcão Silva e Giovanni (Linense)
Gols: Jheimy aos 6’2T (Botafogo); Wilson aos 19’1T (Linense)

Botafogo: Tiago Cardoso; Taylor, Naylhor, Caio Ruan e Mascarenhas; Diones, Walfrido (Serginho); Danilezinho (Jheimy) e Cafú (Lelê); Bruno Moraes e Dodô . Técnico: Léo Condé.

Linense: Pergorari; Reginaldo, Adalberto, Leandro Silva e Fernandinho; Marcão Silva, Bileu, Danielzinho (Kadu) e Murilo; Giovanni (Kauê) e Wilson (Juninho). Técnico: Márcio Fernandes.

A entrevista

Foto: Rogério Moroti/Ag. Botafogo

Prestigie nossos parceiros

  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região

Seja o primeiro a comentar

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.