Por tempo de contrato e salário Comercial FC libera Giovani

Por tempo de contrato e salário Comercial FC libera Giovani

O Comercial FC abriu mão do atleta Giovani que se inscreveu nas peneiras que o clube proporcionou para garotos com idade até 22 anos em dezembro/2017. O jovem lateral passou em todas as etapas do processo de avaliações, porém ao ser chamado para assinatura de contrato profissional as coisas mudaram.

Sem clube e batalhando pela vida profissional Giovani se inscreveu nas avaliações que o Comercial FC realizou desde dezembro do ano passado. Por ter mais experiência no futebol em relação aos seus concorrentes de peneira, Giovani conquistou uma vaga para assinar contrato com o Leão do Norte, para a disputa da série B do Campeonato Paulista.

Chamado para assinar contrato, ao contrário dos outros 3 aprovados, Giovani chegou com dois representantes, seu irmão e seu empresário que até então não haviam se apresentado oficialmente à diretoria. Visando o melhor para o atleta, os representantes passaram a negociar salários e tempo de contrato e aí a coisa enroscou. O empresário do lateral exigiu contrato de 1 ano e um salário diferenciado daqueles que foram aprovados na peneira junto com Giovani.

A diretoria expôs sua realidade e não concordou com os termos colocados, abrindo mão do atleta. A realidade do Comercial FC é tão dura quanto a dos outros 39 clubes que vão disputar essa divisão, porém há um projeto que está sendo seguido com rigor. Uma das diretrizes é não errar na montagem e para isso há uma verba destinada a cada necessidade do time, como por exemplo os salários propostos para aqueles que chegam para serem titulares e decidir as coisas dentro de campo, que não pode ser igual aos salários para atletas aprovados em peneira.

Outro fator importante e decisivo foi o tempo de contrato. Embora o clube esteja realizando um trabalho consistente com o objetivo único de conquistar o acesso para a série A3, não há garantias de que o clube terá calendário de 1 ano, portanto não sendo possível fazer contrato desse mesmo período com qualquer atleta, pois a série B acaba e o contrato continuaria em vigência.

Veja também: Comercial FC contrata atletas que participaram de avaliações

José Giovani Rosa Dos Santos, conhecido no futebol amador como Giovani, fez parte de sua base no Botafogo FC. O atleta chegou ao clube em 2014 para o Campeonato Paulista sub-17 e jogou 19 partidas naquele ano. Em 2015 disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior, jogou apenas 5 partidas e foi liberado para seguir a carreira em outro clube.

O lateral conseguiu a oportunidade de jogar no sub-20 da Ponte Preta em 2016, chegou para a Copa São Paulo e jogou 3 vezes na competição daquele ano. Em seguida disputou o Campeonato Paulista sub-20, atuando em 19 partidas. Ao término da competição Giovani foi dispensado pela Ponte Preta.

Em 2017 Rodrigo Fonseca era o treinador do Botafogo FC, que abriu as portas para que Giovani retornasse ao clube, onde disputou 13 jogos do Campeonato Paulista sub-20, em seguida, novamente liberado, mesmo tendo contrato com o clube até fevereiro/2018.

Foto: ImprensaLivre.Top

 

Prestigie nossos parceiros

  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região
  • ILT - Notícias que impactam Ribeirão Preto e região

Seja o primeiro a comentar

Comente à vontade, este espaço é seu! Só lembre-se de ser respeitoso para com quem pensa diferente.